Carlos Jacinto, o Campeão.

Atualizado: Fev 11

O seu sotaque deixa adivinhar: o nosso Jacinto é um marceneiro de arte com largos anos de experiência internacional. Estudou e trabalhou em Paris, passou pelo Brasil e continuou a trabalhar e a ensinar em Portugal.


Na Maison Brugier Calex, produziu peças de mobiliário criadas pelo artista francês Louis Cane.

É especialista em restauro e lacados de madeira e tem no seu portefolio peças de mobiliário luxuosas e incríveis. Desde peças do Louvre e Versailles, experiências como o Projecto Rafael no Brasil, com a restauro da Igreja de Santo de Iguassu e em Portugal, como o altar do Palácio do Álamo em Alter do Chão.




As suas mãos contam muitas histórias e têm as marcas de uma lareira em carvalho maciço. O seu pescoço já sofreu um bom bocado com o recuperação de tectos de salas apalaçadas e as suas costas com alguns altares de igrejas mas a sua boa disposição e brio continuam imbatíveis.


É um excelente professor e foi formador na Casa de Saúde do Telhal de Sintra e na Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva.


Quando não está na oficina, a sua ferramenta é o taco. É jogador federado de bilhar e até é conhecido como "O Campeão".


Está desde 2019 na equipa da Marcenaria Artística Pereira. Entre restaurar e criar, não consegue escolher. Diz que tem o mesmo prazer em dar vida a peças centenárias como tem em criar peças acabadas de nascer. E isso vê-se!


Está pronto para contar mais e mais histórias. Todas com um bocadinho de sotaque, claro, que isso só lhe dá mais graça!