Acabamentos para madeira


Sabem o que se diz que os últimos são os primeiros? No processo de fabrico de uma peça por medida em madeira maciça, isto é a mais pura das verdades: o último passo é dos mais importantes.


Depois de todos os passos dados, e quando a peça está totalmente construída, iniciamos o processo de acabamento.

E é a etapa mais importante porque confere a tonalidade certa, e mais conforto e elegância à peça. Além disso, quando mal executada pode comprometer toda o trabalho já feito.

Existe uma variedade grande de acabamentos para madeira, mas para nós os principais são: a cera, o verniz, o óleo e a goma-laca.




Cera


A cera é um acabamento natural, cuja base é a cera de abelha. Costuma ter outros ingredientes e é um acabamento muito tradicional, sendo sobretudo visto em peças de mobiliário de estilo e antigo.

A cera é um acabamento bastante acolhedor, dá um toque acetinado às peças com um brilho suave e natural. Realça bastante a cor da madeira enquanto em simultâneo protege e hidrata. No entanto, é um acabamento que não deve ser utilizado caso as peças tenham contacto com água pois fica manchado. Na nossa oficina de marcenaria, utilizamos a nossa própria cera, feita artesanalmente, com uma receita antiga, única e que o nosso marceneiro chefe Tiago herdou do seu avô, mestre Soares Pereira.

O móvel TV Frank, criado e executado aqui na Marcenaria, é um bom exemplo de uma peça com este acabamento.




Verniz

O verniz é um acabamento artificial. O verniz pode ser de base aquosa (verniz acrílico) ou sintético (vulgo esmalte).

Enquanto acabamento o verniz cria uma película em volta da madeira, protegendo-a. No entanto, ao criar esta película, diminui a capacidade da peça respirar, sendo por isso por vezes visível aquele efeito “craquelado” em peças com verniz mais antigo, quando a própria madeira já mexeu ou o verniz desgastou. Por criar esta película, o verniz é um acabamento que risca com facilidade e que, quando necessita de ser restaurado, exige a sua raspagem e lixagem completa para ser renovado. Em termos de impermeabilização é dos acabamentos mais resistentes, sobretudo na sua vertente marítima, sendo o verniz marítimo o acabamento mais indicado para peças de exterior que ficarão muito expostas à intempéries.





Óleo


O óleo é um acabamento natural. Tem a vantagem de impermeabilizar a madeira.

Enquanto acabamento o óleo entranha no poro da madeira sendo absorvido e deixando o material respirar. O óleo é um acabamento cuja principal vantagem é a sua fácil renovação e manutenção. Por outro lado, por ser absorvido pela madeira, permite continuar a sentir a textura da própria madeira, dando um aspeto mais natural que realça apenas a cor natural da matéria-prima. Na Marcenaria Artística Pereira utilizamos o óleo para madeiras Fiddes, uma marca que já existe há várias gerações no país de Gales. Usamos este tipo de acabamento em várias peças aqui na oficina, não só nas peças novas como também nos projectos de restauro.




Goma-laca


A goma-laca é um acabamento natural, feito da resina de um insecto chamado Keria Lacca. Deixa um acabamento ultra-brilhante, e exige a aplicação cuidadosa de várias demãos - geralmente com uma boneca (uma bola de pano, geralmente em algodão macio). Este acabamento impermeabiliza a madeira e deixa um toque tradicional. Era muito utilizado no mobiliário clássico, sendo por isso um polimento muito utilizado em restauro, ou móveis deste estilo mais clássico, mas pode ser usado noutro tipo de mobiliário, deixando um acabamento de luxo, que realça a beleza natural do poro de madeira. Neste contador - lembram-se da história de amor? - o polimento foi feito à mão com uma boneca, com que se aplicou goma laca.



E este post acaba aqui. Esperamos que tenha gostado e que o partilhe com quem sabe que vai apreciar.

Quer saber mais sobre as técnicas de acabamento para móveis de madeira maciça? Deixe-nos uma mensagem ou entre em contacto pelo e-mail geral@marcenaria-artistica.pt