Cabaz de Natal #MadeInSintra

Talvez os nossos leitores se baralhem. Sim, a nossa arte é a da Marcenaria e somos especialistas no fabrico e restauro de peças únicas em madeira maciça. Mas nesta Marcenaria há muitas ideias a fervilhar. E nem todas cabem na oficina, de tão grandes que são!


Desta vez, tivemos uma ideia "dentro da caixa" e convidámos os artesãos e pequenos produtores da nossa região a juntarem-se a nós.


Como sabem, estamos localizados em Sintra, na freguesia do Algueirão. E a maior parte da equipa é orgulhosamente saloia, nascida e criada neste concelho abençoado por um micro-clima traquinas, pelas praias lindas de águas geladas, e pela Serra mística e encantada,


Em Sintra, temos gente trabalhadora. Com uma noção de distância relativa (porque Lisboa é sempre já ali, mesmo para quem vive na Sintra Atlântica), e com um casaquinho sempre pronto para as manhãs e para os finais de tarde, de queijadas e travesseiros e mármores e madeiras e artesãos muitos talentosos.


Por tudo isto, e pelo ano desafiante que passou, quisemos, mais do que homenagear, dar um empurrãozinho de força aos pequenos produtores e marcas familiares da nossa zona.


Convidámos os nossos preferidos e juntámos a cerveja artesanal e vinho de Colares, o café de um barista Sintrense, os produtos alimentares biológicos de Janas, os produtos de saboaria e conforto, o mel de um apicultor nosso vizinho, e claro... Claro que tinha de haver queijadinhas de Sintra!




Os tabuleiros de madeira, foram criados exclusivamente para a ocasião e neles cabem todo o amor que temos pelos empreendedores e pelos produtos Sintrenses.


Numa série limitada, cada tabuleiro é único e irrepetível, como peça artesanal que é.Os cabazes vão estar à venda por encomenda, até dia 17 de Dezembro. E já estão na nossa loja em www.marcenaria-artistica.pt/shop!



E a ser verdade aquilo que dizem sobre haver uma "dancinha" de cada vez que alguém encomenda a uma pequena marca, ao comprarem um cabaz vai haver uma FESTA! com 8 marcas a dançarem de felicidade por apoiarem os nossos negócios.

Conheçam a história das marcas e as pessoas que estão por trás desta ideia:


CASA DO PRETO

Quem vem a Sintra faz, com certeza, uma paragem na Casa do Preto. Para comer e levar, as queijadas são o símbolo gastronómico da nossa vila.


Estas pequenas tartes feitas a partir de queijo fresco, açúcar, farinha, ovos e canela, envolvidas numa massa crocante e estaladiça, são um sucesso mundial!


Porque há coisas na vida que vale a pena recordar e saborear para sempre.




CASAL STA MARIA

O vinho de Colares, é uma das pérolas da região.

O Casal Sta Maria, como produtor de vinhos deu os seus primeiros passos em 2006 quando o Sr. Barão Bodo von Bruemmer decidiu produzir vinhos na sua quinta. Acontece que nesta altura o Sr. Barão tinha já 95 anos de idade. E esta ideia de fazer vinho surge de uma suposta voz que ouviu durante uma cirurgia a um tumor, na Suíça, que lhe disse que a última coisa que faria durante a sua vida seria plantar uma vinha e produzir vinhos. No entanto, o Sr. Barão não começou a sua história no Casal Sta. Maria no ano de 2006. Esta começou em 1962, quando o Sr. Barão, depois de viver os últimos anos na Suíça, sendo um banqueiro influente e com fortuna, ao ver-lhe ser diagnosticado um cancro no pâncreas, decide encontrar um local mais acolhedor para que a sua esposa pudesse viver após a sua morte. E encontra o Casal Sta. Maria escondido no meio da floresta de Sintra. Ainda assim, o Sr. Barão parece conseguir suplantar este obstáculo e vive durante mais 50 anos, sendo proprietário da maior coudelaria de cavalos árabes do país até ao início dos anos 90. Infelizmente é nesta altura que a sua esposa acaba por falecer. Ora como forma de homenagem, o Sr. Barão manda plantar um roseiral com cerca de 3 mil rosas, pois apesar de ser alemã a Sra. Baronesa tinha um nome muito português - Maria do Rosário. Agora, 4 anos após a sua morte à homenagem é feita agora através do seu neto, o Sr. Barão Nicholas von Bruemmer que deu início ao projeto dos rosés do Casal Sta. Maria, começando em primeiro lugar com o nosso Mar de Rosas.



HOPSIN COLARES

Em Colares, o edifício da antiga estação do elétrico reabriu para albergar um bar e fábrica de cerveja artesanal.

No HopSin (hop significa lúpulo em inglês e Sin de Sintra), bar de cerveja, pode degustar uma grande variedade de cervejas produzidas no próprio local acompanhadas de excelentes petiscos. E pode conhecer Sérgio e Marta Pardal. Esta, tal como a Marcenaria Artística Pereira, é também uma empresa familiar, constítuida por um pai e filha apaixonados pelo fabrico caseiro deste néctar.




COOP ALDEA

A Coop Aldea dá voz e trabalho a vários produtores individuais da região que exploram o "terroir" único da região saloia com produtos de qualidade e carácter acima da média. São um grupo eclético de criativos do sector agro-alimentar.

Sediados em Janas desde 2015, apostam na arte de bem receber e têm portas abertas no seu café-restaurante-mercearia Aldea, onde além dos produtos têm uma oferta de eventos culturais.


SABOARIA DA SOFIA

A Saboaria da Sofia nasceu da vontade de criar produtos ecológicos e biodegradáveis, à base de matérias-primas naturais e livres de químicos. Os sabonetes artesanais foram os primeiros a serem produzidos para uso familiar, e atrás deles vieram os produtos de limpeza, os cremes, os champôs, os sais de banho, os ambientadores e as velas naturais. A fundadora, Sofia Aboim, faz o que está ao seu alcance para criar um futuro melhor e mais sustentável, onde a proteção da natureza e da saúde física e mental é uma prioridade e está sempre em busca de formas de proteger o meio ambiente, de promover o bem-estar e de encontrar o equilíbrio em cada um de nós, ou não fosse ela psicóloga! A produção é artesanal e em pequenos lotes, para garantir a qualidade dos nossos produtos, à base de ingredientes naturais e biodegradáveis. E o cheirinho destas velas, lindas, que nem apetece acender?


SINTR'AROMAS

O Filipe e a Mariana mudaram completamente de estilo de vida. Vieram da cidade para viver para o campo e criar o seu próprio negócio.

Um negócio local, consciente e sustentável!

Puseram as mãos na terra e, além de vegetais biológicos, produzem alguns produtos naturais para self-care.

São presença constante na Feira de Almoçageme. Para o cabaz trouxeram as suas almofadas de conforto, de algodão 100%, ideais para aliviar dores ou contraturas musculares, e substituir a botija de água quente.


APIPOEIRA e QUINTA NOSSA SENHORA DA SERRA

Sendo um produto 100% natural, o mel depende da flora apícola existente na região onde as colmeias estão instaladas, e varia de região para região. Aqui em Sintra , a Apipoeira extrai mel Multifloral.

Com as temperaturas baixas das manhãs Sintrenses, os açúcares naturais (frutose e glicose) tendem a formar cristais. Essa cristalização é sinal de pureza. Para inverter esta situação, deve colocar o mel em banho maria a uma temperatura nunca superior a 40 graus. Uma curiosidade: sabia que ao adicionar o mel ao chá ou leite quente, (que estão certamente a uma temperatura superior aos 40 graus) está a retirar todas as suas propriedades?

7G ROASTER

O café pode ser da Etiópia, mas o barista, David Coelho é Sintrense. Este artesão do café ganhou por duas vezes o Campeonato Nacional de Baristas e criou a 7g Roaster, uma empresa de torrefação de Café de Especialidade em Portugal com uma visão apaixonada e ao mesmo tempo super profissional sobre o Café. Na 7g o café é mais que uma simples bebida, é uma paixão e cada grão tem uma história a contar.

Esta equipa tem a missão de procurar café verde de alta qualidade, criar sabores e experiências únicas ao seu cliente, com base no seu conhecimento e respeito por valores como a cultura, comunidade e sustentabilidade. E acabam de lançar um produto inovador. Utilizando uma tecnologia de moagem de última geração criaram cápsulas compatíveis com Nespresso® que são agora mais consistentes, brilhantes e com mais personalidade do que nunca.


E agora que já comemos e bebemos, vamos ao que interessa! Ficam as informações para quem quiser encomendar:


Os cabazes são feitos por encomenda, até ao dia 17 de Dezembro de 2020.

Pagamento por MBWAY - 915830290 ou Transferência Bancária NIB 0033 0000 4553 1580 29 605 Ao valor do cabaz acresce o valor dos portes de envio: 3,5€


Para confirmar a sua encomenda, envie email para geral@marcenaria-artística.pt anexando o comprovativo de pagamento, nome, contacto telefónico, morada e detalhes de faturação.


Todos os cabazes serão entregues ou enviados no dia 18 Dezembro.


  • Pinterest - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle