Guarda-memórias


Os objectos têm energia. Influenciam o nosso estar e sentir, e mesmo os mais minimalistas com certeza guardarão lembranças de alguém ou de algures, para recordar o que sentiram com essas pessoas e nesses lugares. Os objectos têm as suas próprias histórias e têm memória. E esta peça, será um objecto guardador de outros objectos e já leva muita emoção passada pelos nossos artesãos durante todo o processo de fabrico.



Talvez por tantas vezes repetirmos que somos uma empresa familiar ou de tanto agitarmos esta bandeira das peças com história, chegou-nos este pedido tão especial.


Em meados de dezembro, tocou o telefone. Um telefonema que quem vos escreve não há de esquecer, de tão emotivo que foi - sim, os negócios são feitos de pessoas e as pessoas de sentimentos.

O briefing, de voz tremida, era muito simples na forma e tão profundo no conteúdo: a criação de uma caixa de memórias. Com um propósito ainda mais ternurento, porque esta peça, personalizada, seria um presente de natal de duas filhas para uma mãe enlutada. A caixa, feita à medida, única e artesanal, feita ao pormenor para guardar as memórias de uma avó muito querida.

A emoção e a urgência, tomaram conta de nós. O pedido que chegava em meados de Dezembro... teria de estar pronto a tempo do Natal!

Os leitores já nos conhecem. Sabem como gostamos de um bom desafio! Claro que arregaçámos mangas e pusemos mãos à obra: plainas a postos para criar um acessório único, em madeira maciça, feito à mão, deslumbrante e resistente.



A caixa guarda-memórias foi construída em madeira de pau-sangue e castanho, com encaixe de meia esquadria, uma gaveta e divisórias interiores amovíveis para assim poder pousar de forma harmoniosa todos os objetos-memórias. O acabamento escolhido foi um óleo natural para madeiras. E o processo foi muito rápido desde o primeiro contacto, dado o prazo apertado. Depois de recebermos um esboço da cliente, conversámos várias vezes sobre opções, vimos amostras de madeira e fizemos um desenho técnico pormenorizado, do qual , depois da aprovação de todos os detalhes, partimos para o fabrico da peça. O deadline, apesar de apertado, foi respeitado. Missão cumprida! Dia 23 de Dezembro, há exactamente um mês atrás, pudemos ver a caixa nas mãos das clientes. E o seu olhar emocionado valeu por tudo.



"Gostámos todos muito do vosso trabalho. No dia em que fomos buscar a caixa tivemos a oportunidade de conhecer a vossa equipa, o vosso espaço e também algumas das peças lindas que fazem. Fiquei contente por este projecto ter sido desenvolvido numa envolvente familiar e com história.


A minha mãe adorou a caixa e a ideia de ter bem perto dela todas as memórias mais queridas da minha avó. Acho que, de alguma maneira, vai ajudar a gerir a saudade que fica de uma forma menos dolorosa."

Enquanto empresa familiar e apaixonados que somos por peças com história foi um privilégio poder abraçar este desafio e fazer uma peça que esperamos ficar no legado desta família. Aos clientes, agradecemos a confiança depositada.

E a todas as netas, netos, filhos e filhas que estão a passar por momentos de despedida, fica o nosso sincero abraço virtual. Que as memórias guardadas durem, e sejam passadas com todo este cuidado e amor, de geração em geração.