Porque não usamos páineis de MDP ou MDF


Na nossa oficina só entra madeira de verdade!

E já, há uns meses, explicámos aqui no diário a diferença entre Madeira e os seus derivados. Hoje explicamos o porquê desta nossa decisão.

Na Marcenaria Artística Pereira, não usamos painéis de MDP (Partículas de Média Densidade) nem de MDF (Fibras de Média Densidade), principalmente por uma questão de saúde.


Estes painéis contém mais de 40% de formaldeído, um agente altamente cancerígeno e que pode causar irritação nos olhos, nariz e garganta (OSHA, USA).


Mesmo os que comercialmente se identificam como MDF com baixo teor de formaldeído contêm cerca de 27% desta substância, que comprovadamente provoca cancro.


Em segundo lugar porque não se equipara à resistência e qualidade da madeira maciça. Tem uma dureza muito baixa, esfarela muito e é um autêntico mata borrão na presença de água.



A resistência e durabilidade das madeiras maciças são incomparáveis.


Usando técnicas ancestrais de marcenaria, diminuímos a probabilidade de problemas futuros como o empeno. Além disso, com um bom acabamento, a peça durará décadas e, em caso de algum problema ou acidente, será sempre possível restaurar.



Também trabalhamos com contraplacado


Também trabalhamos com painéis de folha de madeira maciça contracolada - material mais conhecido como contraplacado marítimo. Que permite o uso de acabamentos embutidos como o encabeço.


Muito embora este material também tenha, na sua constituição, formaldeído, a sua concentração é inferior a 5%.


Em termos de propriedades é mais duro e resiste muito melhor à água e humidade (sendo usado na carpintaria náutica), devendo no entanto ser impermeabilizado do mesmo modo que a madeira maciça.



Para mais detalhes e informações, utilize os nossos canais de comunicação. Estamos disponíveis por e-mail e telefone - chamada, sms e até pela aplicação Whatsapp.